Piloto para tratamento do efluente de lavação da indústria corticeira

Piloto para tratamento do efluente de lavação da indústria corticeira

A unidade compreenderá um tanque de alimentação do efluente, um sistema de monitorização das características do efluente e de tomada de decisão quanto à necessidade de efetuar o seu tratamento e de um conjunto de 3 tanques de reação aos quais estarão associados outros tantos tanques de reagentes químicos, que possibilitam o sucessivo tratamento por coagulação, neutralização e floculação, seguido de um sedimentador lamelar para separação das lamas formadas.

A instalação será controlada por uma unidade de controlo automático que permite a análise dos parâmetros caracterizadores do efluente bruto e a tomada automática de decisão acerca da necessidade de efetuar o tratamento físico-químico, bem como o controlo automático de todo o sistema de tratamento físico-químico.

A unidade piloto será montada numa bancada móvel que permitirá o fácil transporte para as iniciativas de demonstração junto das empresas.