Comunidades de inovação

Comunidades de Inovação

A criação de Comunidades de Inovação, com empresas, centros de investigação e agentes da envolvente regional para a geração de ideias em torno da I&D aplicada às áreas temáticas do presente projeto, constitui um fator inovador do projeto.

Além de criar uma estrutura de aproximação entre instituições do Sistema Científico e Tecnológico (SCT) e o tecido empresarial, procura-se com esta ação gerar e construir novos projetos em torno das atividades das fileiras agroalimentar e florestal, numa óptica de competitividade e inovação regional.

Pretende-se que, por cada  comunidade, haja dois animadores: um elemento proveniente de uma empresa ou de uma associação empresarial e um pivot científico do IPC. Para cada comunidade será criado um fórum de discussão, para o qual serão convidados os técnicos das empresas e outros elementos do SCT.